Acne

 

 

Geralmente, tem início na puberdade, fase da vida em que ocorre um aumento na produção de sebo e oleosidade da pele, mediado pelas mudanças hormonais deste período.

Existe uma desregulação tanto da produção do sebo, quanto das bactérias que colonizam a pele, e por isso requerem tratamento misto com antibacterianos e sebo reguladores.

Os principais sintomas são os comedões (cravos); pápulas (lesões sólidas arredondadas, endurecidas e avermelhadas); pústulas (lesões com pus); nódulos (lesões caracterizadas pela inflamação, que se expandem por camadas mais profundas da pele e podem levar à destruição de tecidos, causando cicatrizes) e cistos (maiores que as pústulas, inflamados, expandem-se por camadas mais profundas da pele, podem ser muito dolorosos e também deixar cicatrizes.

De acordo com a apresentação clínica da acne, podemos classifica-las em estágios e assim decidir qual linha de tratamento devemos seguir.

Devido à grande influência hormonal na formação da acne, também podemos observar inicio do quadro na fase adulta e com uso de hormônios, principalmente os anabolizantes.

Além da retirada dos fatores agravantes/ de piora, o tratamento da acne deve incluir uso de sabonetes e filtros solares específicos, cremes e ácidos e muitas vezes até o tratamento por via oral.

Em consultório, associamos peelings químicos e tratamentos a laser para garantir resultados mais satisfatórios.